Publicidade

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Santacruzenses vão disputar o Campeonato Pan-Americano de Karatê-Dô Tradicional no Peru

A Academia Naika Karatê Dojô tem a honra de anunciar que dois atletas um árbitro foram convocados para participar do CAMPEONATO PAN-AMERICANO DE KARATÊ DÔ TRADICIONAL, no mês de novembro, em LIMA - PERU. O Sensei GENIBALDO, faixa preta 2º DAN, foi convocado na condição de árbitro e os karatecas KADU MAUCCHER (faixa laranja) e ELSON VINICIUS (faixa laranja) na condição de atletas da SELEÇÃO BRASILEIRA DE KARATÊ-DÔ TRADICIONAL. Esse evento é uma grande oportunidade de representarmos a nossa cidade de Santa Cruz, o Estado do Rio Grande do Norte, e o nosso querido País numa competição de relevante importância para Word Traditional Karate do Federation (WTKF). O Sensei Genibaldo já tem experiência, como árbitro, em competições internacionais e o nossos atletas terão a primeira oportunidade de competir em outro país.Tudo isso é um grande motivo de festa e comemoração, pois em pouco tempo a Academia Naika Karatê Dojô ganhou destaque nas competições em que tem participado, tudo isso fruto de uma intensa preparação promovida pelo Sensei Genibaldo. Essa trajetória tem sido construída com o apoio dos nossos familiares, da Prefeitura Municipal de Santa Cruz, da Loja Maçônica de Santa Cruz, das empresas e pessoas que acreditam nos nossos sonhos. E  mais uma vez precisamos de apoio e do patrocínio para que possamos seguir em frente e elevar o nome do nosso município no cenário brasileiro e internacional das competições de Karatê. Contamos com você, divulgue, apoie, indique-nos quem pode nos patrocinar, toda colaboração será bem vinda para que possamos realizar esse sonho.

FACISA/UFRN realiza projeto em parceria com Universidade do Hawaii



segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Prefeitura de São Bento do Trairí realizou ontem Torneio em comemoração ao Dia dos Pais

A comemoração pelo Dia dos Pais em São Bento do Trairi aconteceu hoje Domingo 13/08 com muito esporte. A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Esporte Cultura e Lazer, realizou o 1º Torneio de Futebol do Dia dos Pais, que contou com a participação de nove equipes, todas elas do nosso Município. A equipe campeã foi o São Bento FC que levou 300 reais e a vice-campeã foi o Vasco do Sítio Telha que levou 200 reais. Para o nosso Prefeito Kêka, a comemoração é mais um evento de sucesso que integra o esporte local, proporcionando o lazer entre todos os Sãobentenses. “É um momento de confraternização e alegria,”, disse o Prefeito, parabenizando todos que participaram do evento. A Secretaria de Esporte Cultura e Lazer de nossa Cidade, em nome da Secretária Mariana Regina agradece ao Prefeito Kêka, ao Vice Prefeito Kléber, aos ex Prefeitos, Vereadores, Secretários, aos desportistas e ao povo em geral que se fizeram presentes em mais um evento realizado por nossa Equipe.






sexta-feira, 11 de agosto de 2017

EDITORIAL: O Vício do Poder.

Todo vício é prejudicial, nocivo. Ser viciado em drogas (lícitas e ilícitas), em comida, em sexo, em jogo... Enfim, tudo que caracteriza vício ou compulsão é considerado doença e tem que ser encarado com toda atenção. Tem que ser tratado. O vício não só é nocivo para o viciado, como também para aqueles que o rodeiam.  Todos adoecem.
Nos últimos dias, meses, por assim dizer, tenho observado outro tipo de vício, que talvez ainda não conste dos compêndios de medicina, nem foi noticiado na mídia especializada: O vício no poder. Observo na nossa cidade, um número considerável de indivíduos que são afligidos por esse mal. Encontram-se em crise de profunda abstinência. O inconformismo é notadamente expresso por atitudes, palavras, gestos, textos nas redes sociais. Ao serem privados do poder, encontram-se literalmente doentes. Fazem de tudo para ter mais uma dose, mínima que seja. E não encontrando a droga, o poder tão desejado, que se lhes escapou entre os dedos (e cabeças) debilitados pelo uso constante, tentam substituir um vício, por outro ainda pior: a maledicência.
Esses cidadãos, disfarçados de “vigilantes” e preocupados oposicionistas, vivem à cata de notícias fantasiosas e falhas na administração que agora detém os destinos do município, não para o debate em busca de soluções aos erros. Não procuram apontar as falhas e apresentar, ou pelo menos propor soluções. O objetivo em “estar de olho” é puramente pra torcer pelo pior. É uma tentativa desesperada de provar que eu “eu era melhor...”, ou ainda “no meu tempo era diferente...”. Ficam nas sombras, nas marquises e viadutos da história, numa inércia doentia, ansiando por mais uma dose da droga que por tantos anos injetaram nas veias: O poder.
Lembro claramente que até poucos meses, talvez um ano, eu e outros que compartilhávamos os mesmos desejos e linhas de pensamento, éramos oposição. Fazíamos parte de um grupo oposicionista que debatia, discutia, apontava erros e principalmente soluções. Pregávamos que era necessário mudar. Fazíamos questão de atacar atitudes erradas, nunca pessoas. Entretanto, sempre fizemos isso as claras, abertamente. Não tínhamos o recurso nem o artifício de nos ocultar nas sombras. Sempre procuramos, enquanto grupo de oposição, mostrar o erro, e principalmente, como conserta-lo. Sempre a luz do dia.
Vejo pessoas que mal tinham tempo de atender um telefonema de um munícipe, hoje dedicar horas de seu dia para estar nas redes sociais. Sempre incitando uns poucos que ainda resistem, que ainda sonham em mais uma vez embriagar-se no vício do poder a pouco perdido, a travarem uma luta que não é deles. Armam esses poucos desavisados com notícias fantasiosas. Iludem. Mandam esses poucos soldados, como peões dos jogos de xadrez, a se sacrificarem por eles. Incentivam esses “fieis” e “iludidos” seguidores a mentir, caluniar, propagar mentiras. Vasculham os meios de comunicação atrás de cada erro milimétrico da administração. Erros pontuais são transformados em material de vasto e amplo debate.
Mas fazem isso de maneira aberta? Não.
Operam das sombras. Escondem-se. Falta-lhes a coragem e a determinação de combater em campo aberto. Com a fragilidade de seus argumentos, preferem que outros falem por eles. Esperam que seus poucos soldados, cansados e desiludidos, estropiados por com travarem uma batalha ingrata, lutem, falem, combatam por eles. Acreditam que erros de um início de gestão, poderão encobrir quase duas décadas de desmandos e má administração. Não tem cerimônia em enganar e mentir. A eles, o bem estar das pessoas está em segundo plano. Esperam, como todo viciado, em seus delírios da forçada abstinência, que alguém lhes ofereça mais uma dose.
Apenas mais uma.

Josmari de Sales Costa é Funcionário Público Estadual, Graduado em Marketing pela UNP – Universidade Potiguar.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Secretaria de Esportes promove o Torneio do Dia dos Pais


Prefeitura de São Bento do Trairi inicia pavimentação de ruas e recupera estradas na zona rural do município

A prefeitura de São Bento do Trairi começa a buscar melhorar a estrutura do município. Diversos investimentos têm acontecido para melhorias da qualidade de vida da população. Na cidade, São Bento do Trairi concluiu o processo licitatório para pavimentação de três ruas. Já há uma empresa vencedora do certame e as obras deverão começar em breve nas ruas periféricas. O investimento se dá através de emendas de deputados em São Bento do Trairi que foram viabilizadas graças a pedidos do Prefeito Keka Araújo, garantindo que as obras ainda fossem iniciadas em seu primeiro ano de gestão. Outro trabalho importante que a prefeitura de São Bento do Trairi tem feito é de recuperação de estradas da zona rural do município. Diversas estradas já foram recuperadas e a expectativa da prefeitura é que o trabalho se estenda por toda a zona rural. O trabalho de recuperação de estradas será continuo, segundo o prefeito de São Bento do Trairi, garantindo que o agricultor familiar tenha melhor acesso a área urbana do município.

CRAS realiza reunião com beneficiários do Bolsa Família e BPC de São Bento do Trairí


A equipe do Centro de Referência da Assistência Social-CRAS, realizou importante reunião hoje pela manhã com a participação dos beneficiários do Bolsa Família, e pessoas com deficiência beneficiários do BPC (Beneficio de Prestação Continuada).

O Objetivo da reunião foi mostrar aos usuários as condicionalidades da Educação, Saúde e Assistência Social envolvidos nos programas, bem como a renda per capta familiar entre outros critérios, além de esclarecer dúvidas e informar os usuários a importância dos programas.