Publicidade

quarta-feira, 15 de março de 2017

Escola Estadual Maria Lídia adere a paralisação nacional

A Escola Estadual Professora Maria Lídia da Silva, situada em São Bento do Trairí/RN, aderindo à greve Nacional, mobilizou hoje (Quarta-Feira, 15/03/17), em ato público professores e alunos, para esclarecer os motivos da Escola está aderindo-a. A comunidade escolar entendendo o sentido desse movimento, solidarizou-se com a categoria e esteve presente para apoiar a causa. A greve, que não acontece só na cidade de São Bento do Trairí, tem como objetivo se opor à PEC 287 que visa aumentar a idade mínima para aposentaria, bem como retirar outros direitos do trabalhador. O educador, profissional que se dedica durante anos ao seu trabalho, será um dos maiores prejudicados com essa reforma. Por isso a necessidade de manter-se a greve. Os professores do Maria Lídia demonstram ainda sua preocupação quanto aos dias que os alunos ficarão sem aula e deixam claro que o movimento é em prol do futuro, não só da categoria, mas também dos alunos que trilham o caminho do conhecimento e que serão drasticamente prejudicados com a reforma, pois terão que contribuir muito mais tempo com a previdência sem a certeza da aposentadoria. Os Educadores da Instituição comunicam que todas as informações sobre o andamento dessa paralisação será repassado através das redes sociais e demais veículos de comunicação da cidade.



Nenhum comentário:

Postar um comentário